bikenauta

Outubro 03 2011

Roberto costuma dizer: São tantas emoções! E são mesmo. Umas são tão intensas quanto uma dor de dentes, outras são persistentes como uma dorzinha de cabeça. Neste domingo senti algo deste tipo. Durante a semana coloquei um aviso no mural do nosso Clube de Bike e ninguém colocou o nome para pedalar. Mandei email para uma porção de amigos, uns avisaram que não poderiam ir e só dois amigos prometeram aparecer.

Neste domingo, 02/10/2011, tive a alegria de encontrar João 2010, Dunga e Leonardo. Esperamos um pouco e não aparecendo os velhos colegas saímos na bela manhã. O objetivo estava a 70 km, São Francisco, distrito de Valença, na festa da paróquia do pobrezinho de Assis. Um pequeno público alegre, um almoço gostoso, o amigo Nilson e a banda gospel do colega Sérgio.

No meio do caminho a subidona da trilha do Avestruz, caminho lindo que exige perseverança e muita força nas pernas. Aí você pergunta: e a tal emoção de hoje, qual foi?

Jesus, certa vez, contou uma história que se compara ao que aconteceu hoje. Ele disse: "Um homem organizou uma ceia e mandou seu servo chamar os convidados. O primeiro disse-lhe: Apresento minhas desculpas por não ir. O servo foi até outro que lhe disse: Não terei tempo’. O servo retornou e disse a seu senhor: ‘Os que convidaste para a ceia mandam pedir desculpas’. O senhor disse ao servo: ‘Vai lá fora pelos caminhos e traze os que possam vir ceiar”. Parece que Jesus não mencionou, mas não se precisa ter muita imaginação para ver que mesmo cercado de gente alegre na festa o homem sentiu falta dos que não foram. Foi o que se deu conosco. Quer dizer, quando sobrava um tempinho pra pensar porque era zoeira o tempo todo.

Como sempre a conversa corria solta. Sentados na bike a língua fica afiada e se fala de mil coisas. Mas não se consegue passar por esta árvore sem lembrar que aqui João tirou uma foto com o singelo título: debaixo da árvore, literalmente. Nem se tira uma foto sem pensar em Fabiano sempre com a máquina poderosa na mão. E lá no alto como não recordar o tombo feio que Pedrão sofreu ali. Nem mesmo na mesa da padaria. A gente emborcava uma Coca-Cola quando João 2010 diz: se Edinho estivesse aqui a esta hora estávamos tomando uma cerveja gelada. Ou o MP com suas piadas cheias de charme e politicamente incorretas (são sempre contra o Pt).

É assim, quando um amigo não nos acompanha fica um travo enjoado feito uma dorzinha de cabeça. Mas para quem apareceu a festa foi o máximo, 100 km bem percorridos. O sol ardeu, mas um vento fresco deu ânimo. Na semana que vem lá vai o servo email levar mais um monte de convites para todo mundo. Você vai vir?

publicado por joseadal às 00:49

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
25
26
27
29

30


pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO