bikenauta

Novembro 07 2011

O vale do Paraíba, um planalto sedimentar formado pelo fragmentar da serra do Mar e da Mantiqueira, foi esculpido por milhões de anos, muito antes de surgir os humanos. O mesmo vale atravessado pelo caudaloso rio Paraíba do sul e seus centenas de afluentes recobriu-se, por milênios, da mata Atlântica quase impenetrável. Até que chegaram os índios que tão integrados viviam com a mata que quase parecia terem brotado dela. Com respeito e infinito cuidado abriram trilhas por entre a vegetação fechada, tal qual seus irmãos animais haviam feito por centenas de séculos.

Quando chegaram os europeus, aventureiros infatigáveis, alargaram as trilhas em uma malha de estradas deixando para os ciclistas do século passado e do atual estirões para se percorrer encantado.

 

Foi isto que fizemos neste domingo, 06/11/2011, numa manhã de primavera com um friozinho de inverno. Começamos por um leito de estrada de ferro e daí passamos de um caminho para outro, ladeados por matas, riachos e lagoas, subindo ou despenhando por vertiginosas descidas, como num imenso carrossel encantado. Foi só alegria.             

Ah sim, contrário as más línguas não fiz este comentário logo depois de chegar da pedalada deixando Lili me esperando pacientemente. Não, curti minha esposa e Malu deixando a turma esperando as notícias até o outro dia. Aí, como eu sou mau!

 

publicado por joseadal às 22:55

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
24
25
26

27
29
30


pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO