bikenauta

Setembro 18 2012

Desde que os primatas ganharam razão que sentiram um impulso irresistível de sair do lugar em que nasceram e correr mundo. A Bíblia descreve isso com essas palavras singelas: "E assim Deus criou os seres humanos, ele os criou parecidos com Deus. Ele os criou homem e mulher e os abençoou, dizendo: Tenham muitos e muitos filhos, espalhem-se por toda Terra e a dominem”.

(aqueduto que movia a roda d'água da fazenda Vargas que aparece lá ao fundo; na estrada que começa no bairro Chacrinha, Valença, e termina em Pentagna, também distrito de Valença) 

Quando o ciclista percorre estradas de chão afastando-se da cidade e seu cansativo modo de viver, ele vê de cima de sua bicicleta pastos, serras e matas quase vazios de humanos. Mas de quando em quando ele passa por maravilhosos marcos da presença do homem. São antigos casarões.

(como este, da fazenda Destino, longe do asfalto e dos automóveis, em terras de Valença, RJ)

Quando ele para sua mente imagina os construtores mourejando para cortar e arrastar as pedras de alicerce, embrenhando-se nos matos a cata de bambu e embira que formam o arcabouço das paredes e a dura faina de trazer barro, amassá-lo e cobrir o madeirame fechando paredes que aguentam as agressões da natureza. Cortar grossas toras de madeira de lei para fabricar móveis, caixilhos de janelas e portas e elas próprias e cortar e aplainar largas tábuas para servir de piso era um trabalho inimaginável. Não se comprava tudo pronto no material de construção. 

(na estrada Rio Preto-Barriado pela margem mineira do rio Preto, a fazenda Santana)

As antigas casas de fazenda que abrigaram tantas afeições e paixões, ódios e incompreensões, ainda estão lá de pé. São vivendas dos incontroláveis seres humanos. E só podem ser apreciadas quando rodamos de bike pelos caminhos de chão.

Enquanto se exercita e escapa da agitação da cidade, o ciclista de mountain bike vê o belo mundo de Deus e as maravilhosas obras dos homens que se espalharam pela Terra.

publicado por joseadal às 12:10

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO