bikenauta

Outubro 07 2013

Eu tive um sonho.

Acho que era um pássaro, pois via as coisas bem de cima. Vi um grupo de ciclistas seguindo por um caminho de terra. Por causa da altura pareciam pequenos e lembro que refleti, pensei como pássaro ou como uma pessoa sedentária: O que estão fazendo? Por que esse esforço todo?

Os entendidos dizem que na interpretação de um sonho deve-se apreender o que sentimos naquele momento onírico.

(o grupo no ponto de encontro para um pedal muito bonito)

O que se passou é que duvidei de que o ciclismo seja algo que valha a pena. Pareceu-me um desperdício de vida.

Às vezes um sonho repete algo que se passou durante o dia. E ontem estudei com Lili o livro A Prática do Amor a Jesus Cristo, onde (p.149) diz: “É preciso desprendermo-nos de nossa vontade. Jesus ensinou: ‘Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo’. Qualquer satisfação, se não é para a glória de Deus deve ser afastada”.

Quer coisa que goste tanto como pedalar? Me agrada tanto e me trás tanta satisfação! Socorri-me com a condição expressa no texto: “que seja para a glória de Deus”.

Então, quando montamos em nossas bikes que nosso pensamento se volte para o Criador, agradecendo a saúde e as condições para sair girando, e apreciando Sua obra espalhada a nossa volta.         

publicado por joseadal às 00:27

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

28
29
30


pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO