bikenauta

Novembro 10 2013

Não havia tristeza em nosso encontro, não chorávamos um amigo, mas nos rejubilávamos com a vida e com a crença de que a morte só termina a passagem pela Terra. A vida continua.

Cada pessoa é um projeto muito especial. O Livro dos livros, diz (Jeremias 1:5): “Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei”. Cristiano Degani foi um que foi planejado muito antes de nascer e estava destinado a uma missão.

Por isso um crime de morte é tão terrível: ele corta o desenvolvimento de uma pessoa e tudo o que ela faria por muitos. Um assassinato pode ser intencional ou não, mas este pode ser resultado de uma total falta de cuidado e responsabilidade com os outros. Foi o caso que vitimou nosso novo colega ciclista. Em lembrança a vida que tão jovem foi cortada é que nos juntamos, também para proclamar a motoristas e outros cidadãos o cuidado que se deve ter na direção de transporte motorizado.

Festejamos a amizade que a bicicleta nos proporciona com tanta gente, sorríamos agradecidos a boa saúde física e da alma a "magrela" nos dá em troca do esforço e da dedicação que doamos. À Cristiano dizíamos no coração: descanse de tuas obras, amigo, só sentimos que tenhas pedalado tão pouco conosco. E que Deus nos guarde sempre. 

 

 

publicado por joseadal às 00:48

Muito bacana.
Xisto a 10 de Novembro de 2013 às 02:28

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO